Chave para o sucesso

É preciso consolidar o entendimento de que as questões da mobilidade urbana e da segurança viária impactam a todos. Para isso é preciso o envolvimento direto de educadores, jovens, famílias e instituições como escolas, igrejas, sindicatos e o empresariado do município.

O engajamento efetivo dos gestores públicos e diretamente do Prefeito de Canaã dos Carajás é decisivo para o avanço proposto pelo.

A capacitação da gestão de trânsito e mobilidade será um segundo pilar estratégico para o sucesso do projeto. As capacitações deverão abranger o aperfeiçoamento da gestão de dados (a estatística e análise qualitativa dos acidentes no município), da fiscalização de trânsito, da engenharia de trânsito (em especial em projetos de desenho urbano), e da educação para o trânsito (que deverá integrar, crescentemente, os educadores da rede de ensino pública de Canaã dos Carajás).




Quais os avanços até agora?

O projeto “Cidade Educadora: Mobilidade Urbana e Segurança no Trânsito” foi lançado com forte apoio da Prefeitura de Canaã dos Carajás em Setembro de 2017. Todos os Secretários de Governo e representantes da Câmara Municipal foram convidados pela Fundação Vale, presente em diversos projetos na cidade, para conhecer a nova parceria e as linhas gerais do trabalho que será desenvolvido.

O lançamento do projeto em Canaã anuncia que teremos resultados muito positivos a médio prazo, justamente porque incorpora desde o princípio a vontade política de transformar a realidade da segurança viária e da mobilidade urbana e reúne gestores de todas as áreas. Essa reunião de parceiros foi formalizada, por meio de um decreto do Prefeito, que instituiu e implementou o “Comitê Intersetorial de Segurança Viária” de Canaã dos Carajás.

Vale destacar, a adesão imediata dos gestores da rede de ensino pública, que no inicio de 2018 foram formados no programa “Rotas Seguras para a escola”, que pretende envolver educadores e, sobretudo, as crianças na transformação da mobilidade. O programa já foi incluído no Planejamento Político Pedagógico (PPP) de 2018, o que significa que a totalidade das escolas da rede de Canaã desenvolverão ações visando tornar mais seguros os deslocamentos dos estudantes entre suas casas e as escolas.









Quais indicadores avaliarão o projeto?

O projeto terá diversos indicadores de médio e longo prazo, mas é claro que principalmente os indicadores de mortos e feridos no trânsito. A construção de uma base de dados, ainda inexistente, é parte do monitoramento futuro desses indicadores.

O projeto não medirá seu sucesso, no entanto, apenas por essas estatísticas. O número de parceiros que se agregarão ao Comitê Intersetorial é outro indicador importante. O número de escolas, alunos e atividades desenvolvidas no programa “Rotas Seguras”, será outro indicador substantivo.

As capacitações a serem realizadas e seus participantes, também indicarão o desenvolvimento positivo do projeto.




O que diferencia o projeto dos demais?

O diferencial é que a proposta incorpora, desde a origem, a contribuição do Setor Privado na construção de políticas públicas e do bem estar da comunidade. Essa contribuição que abrange recursos financeiros mas, sobretudo, a transferência de conhecimento, é decisiva para a distinção do projeto “Cidade Educadora: Mobilidade Urbana e Segurança no Trânsito”.











  • Apresentação do programa para os integrantes do comitê de segurança viária

  • Apresentação do programa para os integrantes do comitê de segurança viária

  • Lançamento da parceria na câmara dos vereadores de Canaã

  • Lançamento da parceria na câmara dos vereadores de Canaã

  • Lançamento da parceria na câmara dos vereadores de Canaã

  • Visita a escola da rede do ensino público da cidade

  • Apresentação do programa Rotas Seguras para a escola
    na Secretaria de Educação de Canaã



Copyright © 2018 MICHELIN todos os direitos reservados