Thomas Troisgros se inspira no Programa Ouro Verde Bahia, da Michelin, para criação
de pratos para o Olympe



Crédito: Gabriel Mendes



O chef Thomas Troisgros foi escolhido pela Michelin para ser embaixador do Programa Ouro Verde Bahia. Uma das principais iniciativas de desenvolvimento sustentável do Grupo Michelin no mundo, que aposta em uma relação equilibrada entre o respeito ao meio ambiente, o desenvolvimento social e o crescimento econômico, o programa tem viabilizado a produção e comercialização da borracha natural de maneira responsável e duradoura.

Crédito: Gabriel Mendes



Além de contribuir para o desenvolvimento do cultivo de seringueira e para o aumento da produção de cacau e banana por agricultores familiares da região, o programa, que abrange os municípios de Ituberá e Igrapiúna, na proteção e restauração da Mata Atlântica, com o plantio de mais de 100 mil árvores e apoio à pesquisa científica com a criação do Centro de Estudos da Biodiversidade.

Recentemente, o chef esteve no programa, onde provou ingredientes típicos locais.



“É incrível conhecer um lugar como esse, fico impressionado com a nossa biodiversidade e com tudo que vem da nossa terra. No Programa Michelin Ouro Verde Bahia tive a oportunidade de comer pela primeira vez o coco da piaçava. E esse fruto tem uma história interessante. A carne do coco, que é bem fibrosa, era usada pelos escravos, ela era ralada e eles faziam uma espécie de mingau, que muitas vezes era seu único alimento durante dias. Também comi pimenta Jamaica, cravo e quiabo – tudo direto do pé. Provei rambutã, uma fruta vermelha que é uma espécie de prima da lichia. E tomei caipirinha de cacau, um dos frutos típicos da região.” – Thomas Troisgros



O resultado da viagem não poderia ser diferente: as inspirações deram origem a quatro pratos para seu premiado Olympe, uma homenagem a esta iniciativa da Michelin. As criações ficarão em cartaz durante um mês, com as sugestões se revezando de acordo com ingredientes mais frescos do dia.





Pratos Michelin POVB





Polvo com quiabo e vinagrete de café;

Robalo, molho de acerola e leite de coco, palmito assado;

Bife Ancho, farofa de cacau, vinagrete de açaí e abóbora;

Macaron de cupuaçu, ganache, sorvete de baunilha;



Crédito: Guiga Lessa



Sobre o Olympe



Comandado pelo chef expoente da gastronomia contemporânea Thomas Troisgros, detentor de uma estrela no Guia Michelin, o Olympe traz a integração da culinária francesa contemporânea com influências brasileiras e mundiais. Thomas traz ao restaurante uma cozinha autoral com inspiração nas suas heranças familiares e referências multiculturais que garimpa ao redor do mundo. O menu reúne uma experiência única de aromas, sabores e texturas.

Crédito: Claudia Garcia





Voltar

Copyright © 2017 MICHELIN todos os direitos reservados